quinta-feira, 5 de abril de 2012

IMC: Para que serve ?

O Índice de Massa Corporal é considerado um cálculo que tem a finalidade de avaliar se uma pessoa está com peso excessivo para a sua altura. Ou seja, ele relaciona o peso e a altura para avaliar o grau de obesidade. O IMC foi desenvolvido pelo astrônomo belga do século passado Quetelet, por isso, o índice também é chamado dessa forma. Ele é reconhecido pela Organização Mundial de Saúde (OMS) apenas como um indicador e não mostra o aumento de gordura muscular e nem a sua distribuição pelo corpo. É tido como o método mais simples para analisar o grau de risco associado à obesidade. Ele não pode ser utilizado como base de comparação em crianças. Para fazer o cálculo basta dividir o peso em quilos pela altura ao quadrado. IMC = peso / (altura)² Para saber sobre o seu Índice de Massa Corporal, basta olhar na classificação da OMS.

- IMC maior que 40: É considerada a faixa da obesidade mórbida e apresenta um grande risco para a saúde. É quase sempre acompanhada por várias doenças e é necessário perder peso para reduzir os problemas. É indicado procurar ajuda médica urgente. - IMC entre 30 a 39,9: Nessa condição o IMC já indica obesidade que pode trazer complicações metabólicas. É necessário acompanhar a alimentação e fazer exercícios físicos regularmente. Há chances de ocorrer doenças como hipertensão e diabetes. - IMC entre 25,1 a 29,9: Classificado como acima do peso, nesse estágio é bom começar a prestar mais atenção a alimentação. - IMC entre 18,5 a 25: Nessa faixa o peso é considerado normal com uma ingestão calórica equilibrada de acordo com o gasto nas atividades físicas. - IMC abaixo de 18,5: Com esse índice considera-se que a pessoa está abaixo do peso tido como normal. Existem maiores probabilidades para doenças como a desnutrição e alguns tipos de infecções.

3 comentários: